Cozinhas Projetadas

Artigo sobre Cozinhas Projetadas, escrito por David

Decorar uma cozinha não é mais tarefa tão difícil. Não é mais preciso combinar móvel a móvel, encaixar armários às bancadas e ainda sim criar um estética compatível com o requinte e modernidade que uma cozinha pede. Não que essas preocupações não existam mais, mas as coisas ficaram mais fáceis. Com novas e versáteis cozinhas planejadas no mercado, o trabalho fica todo com os decoradores e designers, e, mesmo assim, o resultado na sua casa parece que foi escolhido por você em cada centímetro.

 cozinha planejada

A verdade é que o profissionalismo dos designers não nos deixa dúvidas na hora de escolher a sua cozinha. As opções de cozinhas  são tantas e são tão bonitas, que não há dúvidas que o resultado será excelente. Além disso, a unidade e luxo gerado por um conjunto especialmente planejado vai impressionar visitantes, familiares e principalmente os futuros interessados em comprar seu imóvel, se for o caso. O que vale dizer basicamente é que as cozinhas planejadas valorizam e muito o imóvel no caso da opção de venda. Mas, claro, não se deixe levar pela impressão inicial de facilidade absoluta: as cozinhas projetadas são um investimento e tanto. São caras, mesmo que valham à pena.

 cozinha planejada 2

E, por falar em deixar-se levar, não escolha a mais luxuosa nem a mais moderna: escolha sempre a que se adaptará melhor ao seu espaço e ao conjunto geral da sua casa, do contrário a decoração vai perder a coerência. Principalmente se a cozinha for do tipo americana, integrada à sala, que hoje em dia é muito procurada. Se ambos são integrados, se uniram espaços e possuem uma intersecção estética, então aplique isso na escolha da sua cozinha planejada. Essa deve estar de acordo com os móveis da sala, deve haver uma continuidade. No mais, escolha o material de sua preferência, entre mármore, granito, vidro entre outros,  e ajuste móveis e eletrodomésticos. As lojas de decoração possuem ambos adaptados à sua escolha, e que se encaixam perfeitamente em ambientes pequenos. Assim, normalmente o investimento substitui a dor de cabeça. Pagando um pouco mais caro conseguimos uma cozinha definitiva.

Deixe um comentário